“Queria ser esse peixe.”

“… Agora eu já sei
Da onda que se ergueu no mar
E das estrelas que esquecemos de contar
O amor se deixa surpreender
Enquanto a noite vem nos envolver
.”

Felicidade que se sabe não tem nada de eterno nem intocável. A vida é feita de momentos de alegria.
E, quando esses momentos se repetem com maior freqüência e na maioria das áreas que compõem nossa vida, dizemos que somos felizes.
Mas, o que fazemos pra que isso perdure? Será que nos damos o direito de sermos felizes?
Eu quero ser feliz… quero mais do que eu mesma possa imaginar.
E, “agora”, com consciência disso, faço o melhor que posso por mim a cada dia.
Eu já experimentei pôr o som nas alturas dentro do quarto (faço sempre), dançar por mais de uma hora sem parar, sozinha, com o corpo livre, com a alma leve, cantando desafinado, sem medo de errar o compasso, dando tudo de mim naquele momento de descontração íntimo, reservado… só meu, tão importante, necessário ao bem-estar físico e mental, quanto três bolas de sorvete cheias de calda de morango (tomo sempre) ou uma sessão de terapia num momento de tristeza (só duas vezes… bastou!).
Mas, me permito enlouquecer no mínimo uma vez por semana. Tá bom vai… não só uma vez por semana e… nem tudo é tão louco assim. Mas, ao menos tento fazer as coisas de maneiras diferentes… de modo que possa me surpreender comigo.

Eu quis arriscar, quero sempre. Por mais que viva intensamente, sempre acho que falta algo mais. Sempre quero mais de mim, mais da vida. Hoje ouvi de uma amiga que, sou tão intensa no meu modo de pensar, nas minhas ações, que vivo 101%!

Eu quero viver… assim sou feliz.

… e o resto é mar.

“… É tudo que eu não sei contar

São coisas lindas

Que eu tenho pra te dar

Vem de mansinho a brisa e me diz

É impossível ser feliz sozinho…”

Música: Wave – Tom Jobim.

Anúncios

2 Respostas to ““Queria ser esse peixe.””

  1. Meu Déeeeuuusssssssss!!!!!!!!! Quantas palavras lindas! Nem eu sabia que era tão intenso assim…VIVA até onde der…Se bater o arrependimento (acho que não) vá na nossa comunidade do Orkut e sorria lembrando de que modo ela foi construída…
    Bjus

  2. aninhamedeiros Says:

    Kd meu comentário que deixei aqui heim! Apagou ou não aprovou??

    Oiaaaa amiga, fiz outro blog, esse será “bem MEU” entendeu?

    http://aninhamedeiros.wordpress.com/

    Uuuuhuuuu

    Beijocas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: